Leia mais: http://www.compulsivo.com.br/2008/06/como-habilitar-formulario-de.html#ixzz0v7FJ1bXV Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives Histórias & Cia: Uma história NADA divertida...

Histórias & Cia

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Uma história NADA divertida...

Novelas normalmente não trazem muita coisa aproveitável, mas algumas, como "Caminhos da Índia", retratam valores que nossa sociedade vem perdendo a passos largos.

Conforme a cultura indiana, é preciso respeitar seu mestre para que se possa receber os conhecimentos que serão transmitidos por ele. Não é o que acontece em nossa cultura.

Antes, o professor era considerado um mestre, que abriria portas para um mundo melhor, para o caminho das descobertas. Sua palavra era lei e valia mais do que as palavras dos pais. Algumas pessoas podem definir como medo das punições aplicadas na época. Eu, sinceramente, acredito que era respeito. Respeito pelo próximo, pelo mais velho, pelos animais, pelas crianças...

Hoje, o professor é apenas uma figura na sala de aula, que serve para fazer chamada e pegar no pé dos adolescentes com problemas psicológicos ou com problemas em casa, como separação dos pais, pai embriagado e outros problemas familiares.


Muitos fatores contribuíram com essa mudança, mas a falta de limite é o que mais afeta a sala de aula. Os alunos têm o direito de fazer o que quiserem, são defendidos pelo ECA, pelos pais, pela direção dos colégios, pela imprensa, pelas organizações, pelo mundo!! E os professores? Não são defendidos por ninguém!

A cena exibida na novela ontem retrata uma dura realidade. A professora é agredida por um aluno na sala de aula e não tem quem a defenda, quem a proteja. A direção, que deveria tomar uma atitude protegendo sua profissional, aconselha-a a "deixar pra lá", uma vez que a imagem negativa que pode gerar para o colégio é maior do que a agressão propriamente dita, pois o pai do agressor é um grande e influente advogado. Além disso, a instituição não pode "perder alunos".

O pai acredita que a escola deve educar, pois ele paga rios de dinheiro para que isso aconteça. Essa família não ensina limites ao filho, levando-o a acreditar que ele pode fazer o que quiser e estará sempre com a razão.

Esses jovens sem limite serão os adultos de amanhã. Adultos que não respeitam seus pais, seus patrões, seu próximo... pois foram ensinados que tudo podem, que sempre terão razão e que estarão sempre protegidos por alguém.

Quem serão nossos governadores? Nossos médicos? Nossos professores? Nossos policiais? Serão esses adultos que estamos formando hoje. Sem limites. Donos da razão. Donos dos seus próprios pais e com a aprovação deles.

Mas, como impôr limites? Lembro-me de uma grande mestra que tive na faculdade que dizia: "Os limites são colocados a partir do nascimento do bebê, quando ensinamos-lhe a alimentar-se de três em três horas. É o primeiro limite que colocamos que nossos filhos." Crianças devem receber ordens dos pais e aprender a obedecê-las, para que se tornem adultos responsáveis e capazes de dirigir suas próprias vidas respeitando o próximo, seja ele seu professor, seu vizinho, seus pais, seu amigo ou um animal.

Não acredito na imposição de limites através da violência, pois essa, gera medo e não respeito. Os limites devem ser compreendidos pela criança e os pais devem ter segurança ao impô-los.

Seria muito bom que resgatássemos alguns princípios da cultura indiana, assim poderíamos viver melhor e com mais segurança.










1 Comentários:

Blogger NEIDE disse...

LI UM LIVRO QUE SE CHAMA: COMO CRIAR UM DELINQUENTE?

INFELIZMENTE ESSA É A REALIDADE EM QUE ESTAMOS...

ME DÓI NA PELE SABER QUE EDUCAR NÃO DEPENDE SÓ DE NOSSOS ESFORÇOS, MAS DO CARACTER DE CADA SER HUMANO...

PENSO COMO VC, SE EXISTICE AINDA O RESPEITO E A OBEDIENCIA COMO SE MOSTRA NA INDIA, TALVEZ AINDA HOUVESSE ESPERANÇA PARA TODOS NÓS.

MAS ACREDITO QUE NADA É IMPOSSÍVEL. SENDO ASSIM, TENHAMOS PERCEVERANÇA E FÉ QUEM SABE A VIDA NÃO SE TORNE MAIS DOCE E AS PESSOAS MAIS FIEIS E ESPERANÇOSAS.

QUERO VER A VITÓRIA DE MEUS FILHOS E A DOS FILHOS DE TODAS AS MÃES DO MUNDO INTEIRO...

20 de abril de 2009 16:29  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial