Leia mais: http://www.compulsivo.com.br/2008/06/como-habilitar-formulario-de.html#ixzz0v7FJ1bXV Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives Histórias & Cia: Minhas gatinhas

Histórias & Cia

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Minhas gatinhas



Em 2002, não lembro exatamente o dia, apareceu uma gata no meu quintal. Ela era muito magra e faminta. Começamos a alimentá-la e logo ela não foi mais embora. Descobrimos, então que ela estava esperando bebês e sua barriga crescia a cada dia. Em uma tarde chuvosa, essa linda gatinha deu à luz no tapete da minha sala... foi o primeiro de muitos partos ajudados por mim...

Ficamos todos encantados com os filhotinhos, não me lembro quantos nasceram, mas eram todos lindos! Havia gatos para todos os gostos: brancos com olhos azuis, marrons (tipo siamês), rajadinhos como a mãe... Provavelmente era o primeiro parto da gatinha, que mais tarde chamamos de "Mãezinha", ela cuidava dos filhotes com muito amor... era uma mãe exemplar!!!

Os filhotes cresceram e foram doados, não deu para quem quis. Logo, Mãezinha estava grávida novamente. Nasceram 07 filhotes, entre eles, a Kym que ficou conosco.

Os gatinhos não eram suficientes para quem queria. As pessoas começaram a encomendar gatinhos. Deixamos que a Mãezinha tivesse mais uma cria e então a castramos.

Agora tínhamos quatro gatinha (eu já tinha Mimi e Jade, mãe e filha). Kym trouxe muita diversão para turma porque era muito brincalhona. Curtimos cada momento da sua infância junto com os outro filhotinhos que nasceram na última cria da Mãezinha.

Kym teve várias crias, acho que umas sete... ela mal parava de amamentar e já aparecia grávida. Muitas pessoas queriam seus gatinhos, que, como seus irmãos, nasciam lindos.

Numa dessas crias nasceu Pretinha, linda, toda preta com olhos verdes... ficou encalhada... ninguém escolhia Pretinha para adotar. Como nossa gatinha Jade havia desaparecido misteriosamente, resolvemos ficar com Pretinha.

Kym ainda teve mais três partos depois do nascimentos de Pretinha e, no último, ela teve complicações e todos os filhotes morreram. Então encerramos a maternidade de Kym e, no mesmo dia, castramos também a Pretinha que já havia tido uma cria.
Pretinha é o meu xodó. Vive no meu pé... só falta falar comigo e é muito carinhosa.
A Mãezinha sumiu de casa. Desconfiamos que ela já tinha outro lar, porque depois de um tempo, ela começou a ficar desaparecida por dois ou três dias e recentemente só aparecia em casa a noite para comer. Costumávamos brincar que ela trabalhava fora por isso só aparecia a noite.
Outro gato vem tentando adotar meu quintal, aliás, desconfio que ele já adotou!! Chamamos ele de Zé Bob, é um gato muito bonito, mas está magro e demonstra ter sofrido violência. Deixamos ele ficar com o quintal e às vezes, permitimos que ele entre em casa. Em breve vamos castrá-lo, e provavelmente adotá-lo também.

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial